Aromas podem marcar o seu evento para sempre!

Imagem

Que tal fazer a sua festa diferente e marcante com um aroma todo especial???

Você já deve ter lido por aí sobre as memórias olfativas. Caso não se lembre, eu vou te ajudar. Memórias olfativas é tudo que um certo cheiro ativa em nossa memória e nos faz lembrar. Já escrevi um post sobre isso e o motivo que me fez desenvolver produtos aromáticos foi exatamente esse. Nenhum sentido nos remete a tantas lembranças como o olfato. Infelizmente não só lembranças boas, mas também algumas que preferíamos ter deixado para trás! Mas os cheiros são tão significativos e certeiros, que é batata! E incrivelmente eles mexem até com o nosso humor!

Sendo os aromas tão poderosos, a Casa da Dinha resolveu lançar mais uma! Nunca na história desse país teve tantos casamentos como de uns 5 anos pra cá! E, infelizmente, muita gente acaba fazendo tudo igual, por conta da facilidade e do preço. Porém, ela se esquece que cada pessoa é uma! E o que combina com Fulana nem sempre combinará com Ciclana ou com ela mesma! Agora, pensa comigo: a gente leva mais de um ano organizando tudo para que a nossa festa seja perfeita! Investe-se um dinheirão para o grande dia! E, no dia seguinte, tudo acabou em menos de 5 horas????

Ahhhhhhhh NÃO!

Imagem

Pensando nisso, resolvemos marcar o seu lindo momento por meio dos sentidos! Você já fará uma festa linda, que brilharão os olhos! Terá um monte de comida gostosa, que ativará o paladar! Terá muita música boa, que ativará a audição. O que podemos ter para ativar o olfato??? AHÁ! É isso mesmo!

Vamos escolher um aroma único que alegre o ambiente e deixe todo mundo de bom humor. Não só isso, que seja marcante aos noivos e que faça com que, sempre que sentido, seus convidados lembrem de vocês! Assim, podemos utilizar nos ambientes (longe de comida) os cheirinhos, podemos personalizar sachês para os carros, deixar os toalletes com o mesmo aroma e tchanam: dar um mini spray para todos levarem para a casa! Para o padrinhos, montamos caixinhas lindas de lavabo, com aromatizador, sabonete líquido e toalhinha, tudo com cheirinho e personalizado para a festa! Gostou? Conte com a gente, vamos deixar o seu evento único e super com a sua cara – ou as suas, se for casamento!

Imagem

Imagem

Sachê com cheirinho, para por no carro dos convidados.

14 habilidades que te ajudarão a viver

Gente, fiquei passada com a informação obtida pelo site UOL na semana passada. Já queria ter postado aqui, mas sacomé, eu me enrolo toda e além do mais, tô mega envolvida com a linha Aromas da Casa da Dinha, o que me faz ficar sem tempo “as veiz” pra sentar aqui. Mas…. meu projeto por uma vida melhor continua super em pé e por isso postarei aqui essas 14 super power habilidades que você deve desenvolver antes de morrer. O antes de morrer foi por minha conta, mas… vamcombina que depois que passarmos dessa, seremos anjos perfeitos e não precisaremos de nada disso! Vamos aos itens:

Cozinhar – (ferrou!) Saber preparar ao menos o trivial vai garantir que você nunca passe sufoco. Além disso, quem faz a própria comida, em geral, fica mais saudável, já que usa ingredientes de qualidade e respeita suas restrições alimentares. Aí a gente tira o chapéu e ajuda você. Tem muito blog por aqui que ensina a cozinhar… é só começar!Imagem

Falar outro idioma – Para a maioria das pessoas, o inglês é a melhor opção como segunda língua, já que é o idioma mais utilizado para a comunicação intercultural. Mas isso não é uma regra. Uma viagem, uma relação afetiva ou um simples encantamento por determinada língua pode servir como motivação para o aprendizado. E se você não sabe por onde começar, leia nossos posts de viagens (que foram poucos, porque os meus leitores parecem não ter gostado, aí parei…).

Nadar – Quem sabe nadar consegue usufruir de diversas atividades na água, em segurança. Além disso, ganha mais saúde. E você achando que ia conseguir ter as 14 habilidades e continuar na preguiça né, playboy?! Vamos lá: TBC (tira a bunda da cadeira)!

Andar de bicicleta – Muita gente aprende na infância e, por falta de prática, fica inseguro de pegar a magrela depois de certa idade, por medo de cair. Só que a prática, além de relaxar, traz inúmeros benefícios à saúde. – Hihi, só postei 4 habilidades e duas já te mandam suar a camisa! Tá mole não!!

Dirigir – Só quem sabe dirigir tem a chance de escolher deixar o automóvel em casa em determinados momentos, para usá-lo em outros, quando o meio de transporte pode ser estratégico para ganhar tempo ou tornar o dia a dia mais prático. Para essas situações, vale a pena vencer a preguiça ou o medo de pegar no volante. – Essa eu assino embaixo! Precisa, gente!

Pregar um botão – Comece montando um kit básico de costura, contendo agulha, tesoura, linhas de cores variadas, fita métrica, alfinetes e giz de riscar tecido. – Essa eu assumo que não é tão tão, apesar de que eu sei pregar botão e já me salvou em momentos do tipo formatura, apresentação, e que o botão faria falta!

Passar uma camisa – O segredo é começar pelas partes menores, passar primeiro a gola, os punhos, as mangas e, por último, as costas e a frente da camisa. – Precisa gente! Mesmo que você more em Londres e lá todo mundo ande amassado. Classe, bonitinho!

Ter noções de finanças pessoais – Você trabalha muito para cobrir suas contas e nunca consegue guardar algum? Isso indica que você precisa aprender a usar melhor o seu dinheiro. É preciso ter em mente que nada é conquistado sem esforço. Por isso, se você tem sonhos materiais como comprar uma casa, trocar de carro ou fazer uma viagem, é preciso poupar dinheiro para alcançá-los. Estabelecer metas e seguir firme no seu propósito é o que fará a diferença.

Pesquisar no Google – Um dos truques é digitar duas ou mais palavras entre aspas, para buscar apenas links onde elas aparecem agrupadas exatamente da mesma forma que você escreveu. Outro segredinho é digitar não apenas a palavra que está procurando, mas, também, a que não quer que apareça entre os resultados. Nesse caso, basta usar o sinal de subtração antes da palavra que não lhe interessa (exemplo: receita -federal). Por fim, quando quiser fazer uma busca num site específico, apenas digite a palavra seguida do nome do site (exemplo: testes http://mulher.uol.com.br). Funciona! (Vou tentar… nunca fiz essa última dica)

Trocar pneu – Muitas seguradoras já oferecem esse serviço extra. Porém, se você estiver com muita pressa de seguir em frente, é melhor saber se virar. O mais importante é checar se o seu carro está equipado com as ferramentas necessárias: triângulo, chave de roda e macaco.

Fazer um bom drink – Assim como cozinhar, também vale a pena aprender a fazer uma bebida. E se você não tem nenhuma afinidade com o assunto, pode começar aprendendo a fazer o drink preferido dos brasileiros. – Agora ficou bom, hein?

Trocar fralda – Você pode não ter filhos, mas com certeza terá crianças na família ou em seu grupo de amigos. E uma hora ou outra poderá ser chamado a colaborar. Então, é melhor estar preparado.

Dar nó em gravata – Existem inúmeros tipos de nós de gravata, desde os mais simples, com poucas laçadas, até os mais elaborados, indicados para eventos formais. E, ao contrário do que muitos pensam, nenhuma das técnicas chega a ser difícil, a maioria exige apenas um pouco de prática. 

Ter noções de primeiros socorros – Todo mundo está vulnerável a pequenos acidentes. Só que, no momento em que algo dá errado, ter um mínimo de informação sobre como agir ajuda a diminuir o sofrimento, evita complicações futuras e, em casos mais graves, até salva vidas. Por isso, é fundamental ler sobre o assunto e, se houver tempo, até fazer um curso básico de primeiros socorros. A Cruz Vermelha Brasileira e o Corpo de Bombeiros abrem vagas periodicamente, em diferentes regiões do Brasil, para ensinar diferentes técnicas de socorro.

É isso aí, gente! Eu ainda acrescentaria mais algumas habilidades necessárias para se bem viver, mas já escrevi demais e se você teve paciência de ler até aqui, merece um descanso! Boa noite. Durma bem e sonhe com os anjos! Beijo!

 

Descobertas gastronômicas – Café 11.16 Le Jolie

Essa semana fiz uma série de descobertas gastronômicas – o meu tipo de descobertas favorito, diga-se de passagem! Na segunda-feira conheci a Julice Boulangere e a Le Pain Quotidien, padarias maravilhosas em São Paulo, ambas em Pinheiros. Na terça-feira foi dia de almoçar e conhecer o Café 11.16 Le Jolie, que ganhou meu coração e por isso resolvi fazer esse post sobre eles. Na quarta-feira jantei no Kibo Sushi, no Itaim Bibi, e tive ótima experiência, apesar de não ter nenhum diferencial a ser postado – a não ser pelo atendimento que foi bem bom e é item raro no comércio hoje em dia. E na quinta-feira, para fechar a semana (porque hoje estou reclusa escrevendo pra você!) estive novamente no Le Manjue Organique, que sim, merece um post a parte e farei isso logo mais.

Hoje porém, como o título mesmo já diz, falarei do Café 11.16 Le Jolie, e por que? Porque eu adorei o local, adorei a comida, adorei a dona, adorei o atendimento, adorei o banheiro e adorei tudo. Sim, até o banheiro eu amei! Porque ele é fofo, bem arrumadinho, com aromatizador de ambiente no espaço, cheio de pastilhas nas paredes e cores maravilhosas. Amo banheiro de restaurante e sou muito chegada a criatividade nesses lugares. Aliássss, pípol de plantão, se você tem um comércio, invista em seu banheiro. Pense bem: sempre que alguém vai ao banheiro, ela tem pelo menos alguns segundos de ociosidade e o que você comunicar a eles nesse momento, será bem gravado em sua mente. Então aproveite a oportunidade e mande sua mensagem.

ImageImage

Lá, conheci a Letícia Checchia, a chef responsável pelo Café 11.16 e pela Le Jolie Doces. É dela a autoria dos doces maravilhosos da Le Jolie (e do sócio dela, que ainda não conheci) e acredito eu, dos pratos disponíveis no Café. (Sabe que isso eu não perguntei! Mas vou descobrir, e se não for dela, eu corrijo aqui…). Comi um crepe (indicação dela) de queijo brie com rosbife e geleia de pimenta acompanhado de uma saladona de alface e cenoura com um molhinho que creio ser de mostarda com algo adocicado. Uma delícia! Nunca imaginei gostar tanto de tal combinação. No menu ainda constavam outros crepes, saladas lindas, omeletes com diversos recheios, quiches e lanches. Ou seja, cardápio cheio de opções a la café, e que nos permite ter uma alimentação leve e saudável, durante todo o dia. Anta que fui, esqueci de fotografar o meu prato, que juro, merecia ser registrado.

Além da simpatia da Letícia, dona do local, o charme do local me conquistou. Tem área aberta, perfeita para os dias quentes de primavera e verão que estão chegando, tem área fechada climatizada, se essa for a sua preferência, tem doces maravilhosos da Le Jolie e agora para o fim do ano, promete muitos quitutes natalinos adocicados. Conheça um pouquinho do espaço:

Image

 

Cozinha aparente e balcão de atendimento, para você ver o preparo da comida e bebida que te será servido!Image

Balcão “mara” de doces Le Jolie, para você se deliciar no Café.Image

Image

 

Escada de acesso ao Café. Você entra pela loja 11.16 e desce a escada para o antro de maravilhas gastronômicas.Image

O Café 11.16 Le Jolie fica em Campinas, no fofíssimo bairro Cambuí, na Rua Emílio Ribas, 1058.

 

Que ‘cheirinho’ doce foi ela quem trouxe de longe pra mim…

Imagem

 

Sabe aquele cheirinho de infância que quando sentimos nos remete a maravilhosas lembranças? E o frescor de grama molhada, que nos faz pensar em lindos momentos de férias no campo e na piscina? Cheirinho de chuva, cheirinho de casa da avó, cheirinho de bebê! Já percebeu como somos ligados ao olfato? De nossos cinco sentidos (o sexto não vale!), o olfato é o mais ligado às lembranças e é por isso que a Casa da Dinha, focada em promover experiências que unam pessoas, resolveu ter uma loja de… lembranças! E vamos chamar de lembranças e não presentes, porque tudo que a gente tem e terá aqui será para ser usado para isso. Presente é o que vivemos, precisamos, e quando ganhamos ele será usado para cumprir uma função. A lembrança não. A lembrança é doce, é usada para fazer com que a pessoa que recebe lembre da gente por meio daquele produto. E é por isso que a Casa da Dinha é uma casa de lembranças! Aqui a gente quer ser lembrado, curtido e amado, estamos conversados?!?!?! 

Falei ontem para vocês sobre a nova loja virtual Casa da Dinha. Ela já é um sucesso, tanto que esgotaram-se os difusores médios! Mas loguinho a gente já repôe os estoques e fica tudo certo. O mais legal é que algumas pessoas estavam buscando pela carinha dele, até descobrir como os aromas, vulgo cheirinhos, atuam em nossa vida. Eles são tão legais, que tenho relatos de pessoas que passaram a ter o Casa Cidreira no quarto, e agora gozam de sonos muito mais profundos e tranquilos.  (Xô insônia!). Outras estão usando o especial Casa da Dinha em lavabos, e dizem que as visitas sempre ficam com gostinho de quero mais quando sentem o aroma. Enfim, cada essência age de uma forma quando inalada com frequência, e é assim que a aromaterapia funciona.

Imagem

Cada essência tem sua função, e a gente resolveu trabalhar com as melhores delas – mas só algumas para não deixar você ficar doidona com cheiros. 

Casa Alecrim: Atrai a prosperidade. Estimula a mente e a consciência. Anima e ativa a memória, dispersando o cansaço da mente. Purifica o local em questão, traz felicidade e justiça. Indicado para escritórios, empresas e ambientes comerciais.

Imagem

Casa Cidreira: Acalma e relaxa o local, atrai a felicidade. Oferece um sono tranqüilo. Estimula e anima. Indicado para quartos e salas de estar.

Casa Baby: oferece um sono tranqüilo, gerando paz e harmonia para a criança. Indicado para quartos e banheiros de crianças.

Imagem

Casa Manga e Mandarina: antídoto contra o estresse, purifica o ambiente gerando entusiasmo. Atua na melhora do humor e no alívio das tensões e cansaço físico. Gera riqueza e fortuna. Indicado para escritórios, casas e ambientes de movimento.

Casa da Dinha: aroma de limpeza e cuidado, gerando tranqüilidade e bem-estar. Indicado para ambientes de casa, como salas, quartos, lavabos, entre outros.

Casa Bambu: estimula a proteção e a quebra de energias negativas, favorecendo a neutralização de energia ruim e favorecendo a permanência da boa energia. Indicado para sala de visitas e outros ambientes da casa.

 

É isso aí! Agora você já sabe o que dar de lembrança para todo mundo, de acordo com o que deseja que a pessoa sinta! 

 

Casa da Dinha ganhou lojinha!

Gente, tem mais sonho virando realidade aqui na Casa da Dinha. Algo que começou despretensiosamente (mentiiiira! rsrs) ganhou corpo, ganhou página no facebook, ganhou seguidores, recebeu muitas curtidas… e agora ganhou uma “store”. Aliás, uma “like-store”, que é a lojinha virtual do facebook. É isso gente, agora a Casa da Dinha é também loja virtual, e pode enviar produtos para todo o Brasil. Começamos com as cookies em leiterinhas, quem lembra? Aí passamos aos difusores e agora está tomando muito forma de loja. Aos poucos vou explicar tudinho pra vocês e disponibilizar os produtos, mas de antemão posso adiantar que teremos caixas ‘handmade’ decoradas maravilhosas dessas que nossa casa sempre precisa, teremos alguns kits gourmet e de lavabo, teremos a linha de comidinhas super ativada, com cookies, docinhos e chocolates em embalagens mega fofas e super aproveitáveis depois que os diabinhos açucarados forem consumidos, entre outras coisinhas. Aliás, assim como a Casa da Dinha, a loja também é NOSSA. Portanto se você faz algo legal que combina com o conceito da Casa, fala com a gente. Estamos super abertas a crescer muito e sempre!

Imagem

Os nossos difusores nem bem ficaram prontos, e já estão se esgotando! O que é lindo, claro! E como eles são as pupilas dos nossos olhos atualmente, queremos dividir o quão maravilhosos e úteis eles são! Aromatizadores ou Difusores de Ambiente são muito mais do que cheirinhos gostosos em casa ou no escritório, ou onde você quiser colocar! Aromas são muito terápicos e existem especialistas que tratam problemas sérios com eles! E já que é assim, a gente foi pesquisar, e muito, tudo que podíamos oferecer e encontramos um mundo terapêutico perfeito que vai ter fazer querer UM-DE-C-A-D-A!

Imagem

Vambora?!? Amanhã postarei aqui cada um deles: Casa da Dinha, Casa Alecrim, Casa Bambu, Casa Baby, Casa Manga e Mandarina e Casa Cidreira. Curtiu? Segue a gente no facebook (facebook.com/blogcasadadinha) e continua por aqui que logo tem mais!

Chá bar ou chá de cozinha, eis a questão!

Fazer festa é sempre muito bom. E é sempre legal diversificar os motivos, assim nossos amigos não se cansam dessa nossa mania de festejar, festejar e festejar. Pois bem, chá bar nasceu pra isso. E por que? Porque o chá de cozinha já existia porém era Only Women Accepted! (só mulheres podem entrar). Aí os homens resolveram ir pro bar se rebelar. E o resultado não foi dos melhores. Assim, um dia, o casal se uniu e combinou: vamos fazer uma Chá Bar! Unindo noivo, noiva, amigos e amigas. Ou seja, Everybody Pom-pom!! (sem tradução definida, mas aí podemos todos!!).

O Chá Bar é muito parecido com o Chá de Cozinha, porém, além de levarmos itens para a cozinha da casa nova dos noivos, levamos também itens de bar – que não existem taaanntos assim, além das bebidas! As brincadeiras são feitas com o casal juntinho, e aí vale tudo desde desafiá-los juntos ou ainda colocá-los em competição. Vai da ideia de cada um. Eu particularmente não gosto de “ter que” dar pinga pros noivos virarem quando erram a prova. Acho que tem castigos bem mais divertidos pra isso, tipo fazer o noivo tímido requebrar numa dancinha ou fazer a noiva vaidosa se pintar todinha com guache! Enfim, vai da criatividade de cada um. E criar brincadeiras que movimentem a plateia são sempre muito agradáveis, afinal os convidados vieram para participar e não para ver a banda passar, certo?!?!

Os comes e bebes podem ser os preferidos dos noivos. Salgadinhos, petiscos, lanchinhos, patês e até sofisticados pratos. Vai do perfil dos noivos e dos seus amigos. Nós organizamos um chá bar esse fim de semana e optamos por salgadinhos estilo boteco e lanches de metro. Refri e água nós levamos. Os alcoólicos ficaram por conta de cada um. uma amiga da noiva fez alguns docinhos tipo tortinha de limão, de maracujá e paçoca de colher. Ela fez também caixinhas de brigadeiro e beijinho de lembrança. Nós ainda cuidamos dos mini cupcakes, cookies personalizadas e do cenário todo. Personalizamos o local escolhido, transformando-o em um Boteco! O Boteco Melise e Eduardo. E foi muito sucesso. Veja as fotos:

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

 

Lembrança de primeiro aniversário para ser vista durante o ano inteiro