Cookies Especiais da Casa da Dinha

Imagem

Hoje nós tivemos uma manhã agitada, e muito gostosa, na Casa da Dinha. Me juntei a uma grande amiga e “Cookieira” profissional para desenvolver um mascotinho da Casa da Dinha, as nossas leiteirinhas de Cookie. Apesar desse espaço não ter sido criado com esse objetivo, desde a concepção da Casa da Dinha, pensávamos em ter um produto que fosse a ‘cara’ do projeto e ele nasceu hoje! São cookies no formato da Casa da Dinha, que podem ser individuais em saquinhos laceados lindos, ou coletivas, em leiteirinhas a serem usadas como item de decoração em casa. O objetivo delas é dar ainda mais significância ao tema do nosso blog, uma vez que a Dinha foi a maior doceira da cidade AND é minha bisavó.

Imagem

As Cookies da Casa da Dinha podem ser usadas como presente para os amigos queridos ou para nós mesmos. O mais gostoso delas é a sensação de carinho e aconchego sentidos por quem as degusta. Aquece tudo por dentro, e deixa um gostinho de quero mais. Nós vamos fazer um sorteio, daqui alguns dia, de uma leiteirinha amarela, igual a essa da foto, para os seguidores do Blog Casa da Dinha no Facebook. Para participar, acesse facebook.com/blogcasadadinha e curta a nossa página. Além de estar apto a ganhar essa lembrancinha linda da Casa da Dinha, você receberá sempre informações e dicas daqui da Casa…

Imagem

Assim como a minha amiga Cookieira criou as cookies especiais da Casa 

da Dinha para nossa Casa, ela pode criar a sua ou do seu negócio. Acho tão gentil receber pessoas com um cartão de boas vindas docinho docinho. No mundo de hoje, com tudo digital, ninguém mais guarda cartões. Armazenam os contatos e jogam fora o papel. S

e em vez de papel, for uma cookie, além de linda, não haverá desperdício de papel, será 

sustentável, e contribuirá com o bom humor de quem recebe. Super ideia, hein? Aproveita e faça a sua também. 

Anúncios

Festa Junina pode ser do seu jeito

 

Imagem

Cupcake não é doce de festa junina, certo? Depende! Se você gosta, personalize! E terás o seu CUPCAKE Caipira!

Resolvi googlar algumas mesas decoradas para Festa Junina para que você veja quem nem sempre o excesso de produtos é o mais importante. Olha o charme dessa mesa. Extremamente junina, com pipoca, canjica, arroz doce, bolo de milho e pé de moleque. As bandeirinhas dão um charme todo especial junto às cores dos recipientes!Imagem

Imagem

Se você gosta de cores e vai ter ajuda para montar, trabalhe a decoração ao redor da mesa. Os caipiras vão adorar!!

Se a sua Festa Junina vai ser em casa, olha que super linda essa mesa com produtos caseiros! É uma opção para deixar a casa no clima caipira e agradar a todos!Imagem

Se você não liga tanto para as origens da Festa Junina, e quer mais é comemorar com cores e com a criançada, essa mesa tem tudo a ver! Balas, gomas e pirulitos super coloridos, combinando com as bandeirolas do espaço.ImagemEssa mesa abaixo é outra opção para uma festa junina dentro de casa ou num espaço fechado, pequeno. Olha a fofura dos detalhes xadrez!Imagem

 

Como eu não deixaria de postar, essa mesa pra mim junta tudo que mais amo: cores, doces, brilho, detalhes e bom gosto!! Acho essa mesa bem legal para um aniversário, quando o tema escolhido é festa junina. Agora, se você não se importa com o bolo de pipoca aí no centro, vai fundo, que é sucesso na certa. Na foto debaixo tem até alguns detalhes que fazem todo o charme da mesa. Se fizer essa mesa na sua festa junina, me convida??ImagemImagem

Receber bem é arte, festejar faz parte!

A Casa da Dinha sempre recebeu muito bem todos que por ela passassem. E até hoje essa arte é lembrada e propagada. Como descendente da Casa, sinto-me no dever de seguir seus preceitos e, sendo possível, aprimorá-los. Por isso hoje resolvi falar aqui sobre essa arte, a qual cabe em todo e qualquer lugar e consiste, principalmente, em conhecer bem o seu público – amigos, familiares, visitas, e quem mais que venha até você. Devemos ter sempre em mente que, se uma pessoa saiu de seu ambiente de conforto para ir até você, por todo e qualquer motivo, ela precisa no mínimo ser bem recebida e sentir importante por lá estar. Portanto, prepare o bom humor, a alegria, a gentileza, a educação e principalmente o coração para acolher bem quem chega. Lembre-se, por melhor e mais organizada esteja a sua casa ou recepção, se faltar um dos ingredientes acima, o seu reinado desmoronará. Portanto, prepare a alma e o coração para esse momento tão especial.

Imagem

Receber bem é isso! Carinho e cuidado em cada detalhe, até mesmo num picnic no parque. (Foto tirada da internet)

Além de estar psicologicamente preparado, lembre-se da casa ou ambiente a ser usado para essa recepção. Pode ser um amigo vindo de longe ou uma festa para muitas pessoas. Conhecer seus gostos, costumes e necessidades ajudam muito na hora de preparar o ambiente. Cuidados especiais com a limpeza do local, cheiros e decoração podem evitar enormes contratempos. A poluição dos grandes centros tem intensificado as alergias e um lugar mal limpo pode ocasionar crises profundas em quem sofre de renite, bronquite, asma, entre outras. Produtos de limpeza com cheiro forte, essências e incensos podem também atrapalhar a permanência de pessoas no ambiente. Portanto, pegue leve e lembre sempre: cheirinho de limpeza não é perfume! Nada substitui uma limpeza bem feita, com produtos neutros e muito esforço.

Imagem

Casa bem limpinha, sempre, com cheirinho de limpeza e não perfume!

Tenha cuidado em quantas pessoas você convidará para uma mesma ocasião tanto pelo ambiente da recepção quanto por sua atenção para com eles. Tenha em mente a importância em oferecer conforto a cada uma delas, com direito a assento e um lugar a mesa, além de utensílios bem limpos e em abundância. Caso tenha espaço, mas não tenha mobília e utensílios, alugue. Fazer rodízio, além de feio e desconfortável, vai dar um trabalhão pra você! Tenha atenção também em quem são as pessoas convidadas e o que elas podem ter em comum. O ideal é que possam interagir sem a necessidade da sua presença. Em contrapartida, tenha a certeza de poder estar disponível a todos eles, sem preferir ou preterir nenhum deles. Mais uma vez, lembre-se: eles estão lá por você! E portanto, seja anfitrião!

Imagem

Se não tiver utensílios suficiente, alugue. Fazer rodízio, jamais!

As comidas e bebidas a serem servidas demandam atenção dobrada. Verifique se algum convidado tem alergia a algum alimento ou ainda, costumes desconhecidos. Ter um jantar com carne vermelha como única opção pode ser um fiasco se o convidado for vegetariano. Ou ainda, ter apenas frutos do mar pode levar sua recepção ao hospital, se o seu convidado for alérgico. Portanto, por mais que se conheça o convidado, pergunte antes. Ele pode ser apaixonado por frituras e massas em geral, porém estar num tratamento para reeducação alimentar, e a sua recepção deixá-lo numa saia justa. O mesmo vale caso tenha amigos em tratamento alcoólico. Se isso ocorrer, prefira não servir bebidas com álcool. Além de constrangedor a ele, a tentação será sempre um pecado capital. Por isso a importância em avaliar MUITO BEM cada um de seus queridos convidados. O objetivo de sua recepção deve ser sempre fazê-lo sentir-se feliz e confortável junto a você.

Imagem

Café da manhã é sempre ótima opção para receber amigos em casa. Simples, mas com charme, sempre.

Para recepções maiores e mais complexas como casamentos ou demais comemorações, você não poderá privar todos os seus convidados de algo em detrimento a um único. Neste caso, tenha opções. Além da carne vermelha, tenha uma opção de carne branca, opções de vegetais e massa sem proteína animal. Além de bebidas alcoólicas, tenha coquetéis sem álcool, lembrando sempre do suco da garotada ou da água saborizada, tão comum no sul do país e que tem ganhado seu espaço em todo tipo de recepção por aqui. O mesmo vale para recepções em casa, quando o público for heterogêneo. Se valer a dica, procure sempre opções saudáveis em suas escolhas. Hoje em dia todo mundo tá de olho na alimentação, afinal “a cura começa pela boca”. Portanto, pratos bem feitos, sem frituras, com vegetais, proteínas e carboidratos equilibrados são sempre boas pedidas e agradam todos os públicos.

Imagem

Opção de prato saudável para sua recepção. tomatinho, mussarela de búfala, manjericão e eu ainda acrescentaria um molhinho pesto!

Espero ter ajudado você a receber bem os seus convidados, porque fazer festa é uma farra, dá trabalho mas alimenta a alma. Quem nasceu para isso, como eu, tem um prazer enorme em receber e presentear pessoas queridas. E aí, vale a criatividade de cada um. Deixe os seus encantos tomarem forma seja de decoração, de comidas e bebidas ou mesmo de lembranças. Aliás, sendo possível, sempre separe algo para seus convidados levarem com eles, como lembrança da festa. Seja uma caixinha para doces ou algum doce especial, ou ainda um utensílio de uso em casa. Deixe a criatividade fluir, mas pense nisso, porque todo mundo gosta de ser presenteado, e lembranças deixam sempre um gostinho de quero mais no dia seguinte.

Imagem

Caixinha para doces, com tema da recepção, para os convidados levarem pra casa os doces que mais gostarem…

Festa de Criança, como é bom!

Sim, me ausentei por uns dias e foi uma delícia uma amiga dizer: “escute, to entrando todo dia na Casa da Dinha, mas não acho mais nada novo lá!”. Se por um lado é um puxão de orelhas, e dos bem dados, por outro é uma alegria imensa ver alguém se importando e valorizando o que a gente faz. E isso faz um bem danado! Mas eu explico, afinal tudo sempre tem uma explicação. Uma prima, também descendente da Dinha, me pediu para organizar o aniversário de dois anos da sua filhinha. E eu, que quase não me empolgo com festas, topei o desafio e to amando a experiência, afinal, nunca tinha feito festas para outras pessoas. E fazer festa de criança é um verdadeiro playground!

Imagem

Cookies e Cakepop personalizado pela minha artista gourmet favorita, Marlene Matsuo. Decoração da minha irmã, Marisa, para a festa do meu sobrinho lindo.

Se você tem pique e gosta do assunto, invista, porque fazer festa é uma verdadeira festa! Assim como fazer seu próprio plano e roteiro de viagem, organizar uma festa também começa com lápis e papel na mão e, de preferência, em frente a um computador conectado a internet. Primeiro você precisa saber o tema que foi escolhido – isso é, se já foi escolhido -, conhecer o local onde será realizada a bagunça e entender um pouquinho dos sonhos e desejos da criança – isso quando ela já tem idade pra isso. Caso contrário, é com a mãe mesmo. Se o local e o tema não tiver sido escolhido – o que é bem raro nas festas infantis – dá uma mãozinha e sugira você. No meu caso não precisei fazer isso, pois o local escolhido era a casa dela e o tema é o desenho que a lindinha mais gosta de assistir, chegando até a sonhar com eles!

Imagem

The Backyardigans! Com design de Marisa Corti.

Depois de muito pesquisar na internet – Google, sempre meu melhor amigo – encontrei várias decorações lindas, algumas mais ou menos e outras beeem aquém do que eu esperava. Considerando tendências, e avaliando os móveis e objetos já existentes na casa da aniversariante, muitas possibilidades surgiram e de repente toda a idéia inicial caiu por terra. Vimos alternativas bem mais simples, baratas e muito mais lindas para compor uma mesa cheia de personagens e ainda coordenada com o estilo da casa, compondo também a personalidade da aniversariante. 

Meu estilo em festas sempre foi – e sempre será – investir nos doces. Além de amá-los, acho que eles dizem muito sobre uma festa e o que o anfitrião deseja aos seus convidados. Portanto, uma mesa linda-maravilhosa pra mim, tem muito doce que se preze, delicioso e com beleza estonteante. Nesses casos vários tipos de doces, forminhas e bandejas ajudam a compor. Um simples – e lindo – cajuzinho, pode se transformar numa recordação da infância numa mesa retrô (fiz isso na minha festa de 30!). As famosas cookies decoradas, cupcakes com personagens, cakepops e maças de chocolate personalizadas, podem dar um toque criativo, temático e saboroso a uma mesa infantil ou até mesmo adulta. Tudo depende de como ela será decorada. As bolachinhas que acompanham o café podem lembrar o aniversariante e, em vez de redondinhas ou quadradinhas, virarem letras e formarem o nome da pessoa. Na hora de compor uma mesa, tudo pode, principalmente se você for criativo e souber explorar a beleza da simplicidade. Lembrando sempre do sabor – porque meu bem, doces lindos existem aos montes. O mais difícil é achar um lindo de viver e gostoso de comer!

Imagem

Maçâs decoradas com chocolate, com tema da Galinha Pintadinha. Quando falo de doce lindo e gostoso, é isso! Feitos pela Marlene Matsuo, também.

Por ter uma irmã super criativa e de bom gosto, posso sempre contar com seus dotes artísticos nas personalizações de festas e comemorações. No caso da festa da minha priminha, tem sido exatamente assim. Minha irmã já criou convites, lembranças, tags de doces, marmitinhas de doces, painel da aniversariante com seus bichinhos favoritos, enfim… toda papelaria personalizada. O gostoso de fazer festa assim é que você sempre terá e poderá oferecer algo extremamente único aos seus convidados. E isso, não tem dinheiro no mundo que pague. Acho a criatividade um luxo, disponível apenas àqueles de coração aberto e que gostam de festejar.

Imagem

Eis o tema desenvolvido pela Marisa para a minha festa de 30 anos. E essa é a marmitinha de doces que fez tanto sucesso. No dia seguinte todo mundo ainda vive a sua festa!!

Por ora, continuo nos preparativos. Estamos definindo o enfeite de mesa dos convidados agora, que a pedido da minha prima, será algo que as pessoas possam levar pra casa como lembrança – e utilizar! Analisei o espaço de sua casa e transformarei toda a área externa em espaço aconchegante em pleno inverno. Já busquei os melhores fornecedores da cidade, aqueles que nunca dizem não, sabe? Tão mais fácil trabalhar com eles. Porque, sabecomé, mentes criativas não param e ter pessoas por perto que colaborem na realização dos sonhos é tão mais fácil, legal e apaixonante! E assim estamos, conforme tiver novidades, prometo dividir. Mas vou ficando por aqui, porque não posso abrir muita coisa da festa antes dela acontecer! Com certeza postarei tudo aqui, inclusive para ajudá-los a fazer festinhas e festões por aí. Inclusive, listando profissionais perfeitos que trabalham como se fossem pra festa dos filhos deles!

Imagem

Uma das lembrancinhas que estou desenvolvendo pra festa da pequenina. Ainda em fase de testes – até porque, a uma hora dessas, essas gominhas já foram devoradas por moi!