Casa da Dinha participa de Bazar de Natal em Salto/SP

Depois de amanhã é Black Friday, e eu que sentei em frente ao computador para escrever um texto sobre outríssima coisa, me pego falando sobre isso. Assumo não ser fã desse dia. Acho bem sem sentido, na verdade. Porque o Brasil quer copiar o que tem de bom nos outros países, mas não copia por completo. E copiar por completo demanda o governo – inclusive – assumir sua parte. Se você estiver nos Estados Unidos, se joga na sexta negra e aproveite as promoções “super-promoções-mesmo”. Quando camisas estão de 50 por 5 dólares, bolsas famosas de 500 por 50tinha…, e assim vai. Mas se você está por aqui, não se empolgue não, porque as super promoções daqui referem-se a produtos com preços pela metade do dobro. Ou seja, no sense!

Enfim, vai de cada um. A Casa da Dinha Store não vai entrar na onda Black, até porque nós somos muito COLOR pra isso. Gostamos do colorido e sendo assim, estamos preparando um super Bazar de Natal, que coincidentemente, começa na sexta negra. O Bazar físico será em Salto, minha cidade querida, num Condomínio pop daqui. Mas vamos ultrapassar as barreiras físicas e transformá-lo num mundo virtual e vocês que passam por aqui também poderão se divertir com as nossas opções natalinas e preços diferenciados de oportunidade. Para ficar mais fácil, curte a nossa página no Facebook.com/blogcasadadinha, inclusive lá tem loja e dá pra comprar direto!

Se estiver em Salto, Itu, Indaiatuba, Campinas, Sorocaba ou quiser vir de mais longe, dá um pulo no Bazar. Além das nossas Lembranças que Marcam, outros vários produtos artesanais, pijamas, cookies decoradas, panetones e pão de mel, estarão disponíveis. Vai ser muito divertido! Vem gente, vem! Dias 29 e 30 de novembro (sexta e sábado, pra você não precisar pensar…), das 14h30 às 18h30, no Condomínio Monte Belo, em Salto/SP.

Anuncio Bazar de Natal

Aromas podem marcar o seu evento para sempre!

Imagem

Que tal fazer a sua festa diferente e marcante com um aroma todo especial???

Você já deve ter lido por aí sobre as memórias olfativas. Caso não se lembre, eu vou te ajudar. Memórias olfativas é tudo que um certo cheiro ativa em nossa memória e nos faz lembrar. Já escrevi um post sobre isso e o motivo que me fez desenvolver produtos aromáticos foi exatamente esse. Nenhum sentido nos remete a tantas lembranças como o olfato. Infelizmente não só lembranças boas, mas também algumas que preferíamos ter deixado para trás! Mas os cheiros são tão significativos e certeiros, que é batata! E incrivelmente eles mexem até com o nosso humor!

Sendo os aromas tão poderosos, a Casa da Dinha resolveu lançar mais uma! Nunca na história desse país teve tantos casamentos como de uns 5 anos pra cá! E, infelizmente, muita gente acaba fazendo tudo igual, por conta da facilidade e do preço. Porém, ela se esquece que cada pessoa é uma! E o que combina com Fulana nem sempre combinará com Ciclana ou com ela mesma! Agora, pensa comigo: a gente leva mais de um ano organizando tudo para que a nossa festa seja perfeita! Investe-se um dinheirão para o grande dia! E, no dia seguinte, tudo acabou em menos de 5 horas????

Ahhhhhhhh NÃO!

Imagem

Pensando nisso, resolvemos marcar o seu lindo momento por meio dos sentidos! Você já fará uma festa linda, que brilharão os olhos! Terá um monte de comida gostosa, que ativará o paladar! Terá muita música boa, que ativará a audição. O que podemos ter para ativar o olfato??? AHÁ! É isso mesmo!

Vamos escolher um aroma único que alegre o ambiente e deixe todo mundo de bom humor. Não só isso, que seja marcante aos noivos e que faça com que, sempre que sentido, seus convidados lembrem de vocês! Assim, podemos utilizar nos ambientes (longe de comida) os cheirinhos, podemos personalizar sachês para os carros, deixar os toalletes com o mesmo aroma e tchanam: dar um mini spray para todos levarem para a casa! Para o padrinhos, montamos caixinhas lindas de lavabo, com aromatizador, sabonete líquido e toalhinha, tudo com cheirinho e personalizado para a festa! Gostou? Conte com a gente, vamos deixar o seu evento único e super com a sua cara – ou as suas, se for casamento!

Imagem

Imagem

Sachê com cheirinho, para por no carro dos convidados.

Casa da Dinha ganhou lojinha!

Gente, tem mais sonho virando realidade aqui na Casa da Dinha. Algo que começou despretensiosamente (mentiiiira! rsrs) ganhou corpo, ganhou página no facebook, ganhou seguidores, recebeu muitas curtidas… e agora ganhou uma “store”. Aliás, uma “like-store”, que é a lojinha virtual do facebook. É isso gente, agora a Casa da Dinha é também loja virtual, e pode enviar produtos para todo o Brasil. Começamos com as cookies em leiterinhas, quem lembra? Aí passamos aos difusores e agora está tomando muito forma de loja. Aos poucos vou explicar tudinho pra vocês e disponibilizar os produtos, mas de antemão posso adiantar que teremos caixas ‘handmade’ decoradas maravilhosas dessas que nossa casa sempre precisa, teremos alguns kits gourmet e de lavabo, teremos a linha de comidinhas super ativada, com cookies, docinhos e chocolates em embalagens mega fofas e super aproveitáveis depois que os diabinhos açucarados forem consumidos, entre outras coisinhas. Aliás, assim como a Casa da Dinha, a loja também é NOSSA. Portanto se você faz algo legal que combina com o conceito da Casa, fala com a gente. Estamos super abertas a crescer muito e sempre!

Imagem

Os nossos difusores nem bem ficaram prontos, e já estão se esgotando! O que é lindo, claro! E como eles são as pupilas dos nossos olhos atualmente, queremos dividir o quão maravilhosos e úteis eles são! Aromatizadores ou Difusores de Ambiente são muito mais do que cheirinhos gostosos em casa ou no escritório, ou onde você quiser colocar! Aromas são muito terápicos e existem especialistas que tratam problemas sérios com eles! E já que é assim, a gente foi pesquisar, e muito, tudo que podíamos oferecer e encontramos um mundo terapêutico perfeito que vai ter fazer querer UM-DE-C-A-D-A!

Imagem

Vambora?!? Amanhã postarei aqui cada um deles: Casa da Dinha, Casa Alecrim, Casa Bambu, Casa Baby, Casa Manga e Mandarina e Casa Cidreira. Curtiu? Segue a gente no facebook (facebook.com/blogcasadadinha) e continua por aqui que logo tem mais!

O perfume da Casa da Dinha

Já faz alguns dias eu estou numa missão – dada por mim mesma – de encontrar o perfume da Casa da Dinha. Apesar de saber que ela cheira a “forno ligado”, queria encontrar um aroma que combinasse com o ambiente. Passei todos esses dias, desde o fim dessa semana passada, misturando cheiros e experimentando. Tô quase ‘loucona’ já, de tanto que cheirei… essências, tá?!?! 

Imagem

Cheirinho de Casa acolhedora, direto pro lavabo daqui.

Assim sendo, consegui criar cheirinhos para diversos ambientes da Casa, que pode combinar com a sua casa também. Esses cheirinhos foram transformados em difusor de ambiente, e ganharam a ‘yellow label’ da Casa da Dinha. Agora então temos o cheirinho de casa, roupinha limpa e bem passada, que lembra essas lojas chiquérrimas de enxoval como Trussard e M.Martan. Temos o cheirinho de quarto que lembra erva doce e capim cidrão e que, além de super perfumar, acalmam as mentes muito pensantes – ou ligadas no 220V como a minha. Temos o cheirinho de criança, escolhido a dedo para o quarto/suíte do meu sobrinho bebê lindo e ainda o cheirinho cítrico-doce-cítrico que cabe bem em salas de reunião, escritório, sala de visitas…

Por enquanto só criamos essas! E meu Deus, dá pra fazer um samba do criolo doido com elas já. A ideia de criar esses difusores com a marca Casa da Dinha é presentear pessoas queridas, levando o gesto de acolhimento para todos os cantos ou limites – se é que eles existem – do mundo. Acredito muito nos cheiros e que eles aproximam ou afastam pessoas, invariavelmente. Por isso a busca por cheirinhos ideais. Já pensou se você recebe visitas e elas não ficam em casa por não se adaptarem ao cheiro? Por isso também criamos eles fraquinhos, porém perceptíveis. Dá um trabalhão encontrar a “medida certa” das essências. Mas o prazer de ver tudo aquilo pronto, decorando AND perfumando a casa, “não tem preço”!!

Imagem

Bom, vou me despedindo por aqui mesmo, antes que os proprietários dos direitos autorais desses tantos slogans por mim utilizados hoje, resolvam me processar.