Doces não juninos se transformam

Corre que junho tá acabando. E apesar das festas juninas se estenderem por todo o mês de julho também, para mim, o significado não é o mesmo (mas aceito convites para o mês que vem também, ok?). Apaixonada por cupcakes que sou, resolvi sugerir outros formatos, decorações e cores para os seus mini bolinhos. Tem quem goste de pasta americana, o que não é o meu caso. Se for o seu, e de seus convidados, aproveite, porque os melhores temas ganham perfeição nesse material. Eu, fã de recheio que sou, gosto mais quando tem ganache por cima do bolinho. Além de lindo, fica mil vezes saboroso e me adoça por “uns par de dias”.

Imagem

Opção com ganache ou marshmellow e pasta americana.

Imagem

Opção com pasta americana.

Imagem

Opção com ganache AND pasta americana para moldar.

Imagem

Pura pasta americana…

Festa Junina pode ser do seu jeito II

Em todas as pesquisas que faço sobre Festa Junina, encontro detalhes que me fazem sonhar com a próxima. Para mamães que os filhos nasceram entre junho e julho, ou mesmo para quem quiser, acabei de ver bolos que encheram minha alma e coração de alegria. Talvez pelo colorido deles. A top top top pra mim, foi essa mesa com tulipas e um bolo decorado em tema junino. Não sei se foi o bolo ou as tulipas que me atraíram mais, mas o fato é: essa mesa é a mais mais, ela arrasa no look!! Merece foto pra postar no facebook!!

Imagem

Bolo com decoração caipira também me fisgou. Olha esse que belezinha. Tem retalhos de roupinhas e até trança no chapéu. É um dengo, vai?

Imagem

Bolo coberto e decorado com pasta americana, para ser devorado na festa!

E por último, mas nada menos a desejar, dois bolos que arrasam nas cores e fazem a alegria de qualquer mesa de doces. Seja ela simples ou rebuscada. Provençal ou rústica. Eles cabem bem em todo lugar, com noivinhos ou com fogueira, calenteiam toda festa.

Imagem


Bolo com bandeirolas e fuxicos coloridos. E bolo com tiras coloridas, de pasta americana ou biscuit.

 

 

Festa de Criança, como é bom!

Sim, me ausentei por uns dias e foi uma delícia uma amiga dizer: “escute, to entrando todo dia na Casa da Dinha, mas não acho mais nada novo lá!”. Se por um lado é um puxão de orelhas, e dos bem dados, por outro é uma alegria imensa ver alguém se importando e valorizando o que a gente faz. E isso faz um bem danado! Mas eu explico, afinal tudo sempre tem uma explicação. Uma prima, também descendente da Dinha, me pediu para organizar o aniversário de dois anos da sua filhinha. E eu, que quase não me empolgo com festas, topei o desafio e to amando a experiência, afinal, nunca tinha feito festas para outras pessoas. E fazer festa de criança é um verdadeiro playground!

Imagem

Cookies e Cakepop personalizado pela minha artista gourmet favorita, Marlene Matsuo. Decoração da minha irmã, Marisa, para a festa do meu sobrinho lindo.

Se você tem pique e gosta do assunto, invista, porque fazer festa é uma verdadeira festa! Assim como fazer seu próprio plano e roteiro de viagem, organizar uma festa também começa com lápis e papel na mão e, de preferência, em frente a um computador conectado a internet. Primeiro você precisa saber o tema que foi escolhido – isso é, se já foi escolhido -, conhecer o local onde será realizada a bagunça e entender um pouquinho dos sonhos e desejos da criança – isso quando ela já tem idade pra isso. Caso contrário, é com a mãe mesmo. Se o local e o tema não tiver sido escolhido – o que é bem raro nas festas infantis – dá uma mãozinha e sugira você. No meu caso não precisei fazer isso, pois o local escolhido era a casa dela e o tema é o desenho que a lindinha mais gosta de assistir, chegando até a sonhar com eles!

Imagem

The Backyardigans! Com design de Marisa Corti.

Depois de muito pesquisar na internet – Google, sempre meu melhor amigo – encontrei várias decorações lindas, algumas mais ou menos e outras beeem aquém do que eu esperava. Considerando tendências, e avaliando os móveis e objetos já existentes na casa da aniversariante, muitas possibilidades surgiram e de repente toda a idéia inicial caiu por terra. Vimos alternativas bem mais simples, baratas e muito mais lindas para compor uma mesa cheia de personagens e ainda coordenada com o estilo da casa, compondo também a personalidade da aniversariante. 

Meu estilo em festas sempre foi – e sempre será – investir nos doces. Além de amá-los, acho que eles dizem muito sobre uma festa e o que o anfitrião deseja aos seus convidados. Portanto, uma mesa linda-maravilhosa pra mim, tem muito doce que se preze, delicioso e com beleza estonteante. Nesses casos vários tipos de doces, forminhas e bandejas ajudam a compor. Um simples – e lindo – cajuzinho, pode se transformar numa recordação da infância numa mesa retrô (fiz isso na minha festa de 30!). As famosas cookies decoradas, cupcakes com personagens, cakepops e maças de chocolate personalizadas, podem dar um toque criativo, temático e saboroso a uma mesa infantil ou até mesmo adulta. Tudo depende de como ela será decorada. As bolachinhas que acompanham o café podem lembrar o aniversariante e, em vez de redondinhas ou quadradinhas, virarem letras e formarem o nome da pessoa. Na hora de compor uma mesa, tudo pode, principalmente se você for criativo e souber explorar a beleza da simplicidade. Lembrando sempre do sabor – porque meu bem, doces lindos existem aos montes. O mais difícil é achar um lindo de viver e gostoso de comer!

Imagem

Maçâs decoradas com chocolate, com tema da Galinha Pintadinha. Quando falo de doce lindo e gostoso, é isso! Feitos pela Marlene Matsuo, também.

Por ter uma irmã super criativa e de bom gosto, posso sempre contar com seus dotes artísticos nas personalizações de festas e comemorações. No caso da festa da minha priminha, tem sido exatamente assim. Minha irmã já criou convites, lembranças, tags de doces, marmitinhas de doces, painel da aniversariante com seus bichinhos favoritos, enfim… toda papelaria personalizada. O gostoso de fazer festa assim é que você sempre terá e poderá oferecer algo extremamente único aos seus convidados. E isso, não tem dinheiro no mundo que pague. Acho a criatividade um luxo, disponível apenas àqueles de coração aberto e que gostam de festejar.

Imagem

Eis o tema desenvolvido pela Marisa para a minha festa de 30 anos. E essa é a marmitinha de doces que fez tanto sucesso. No dia seguinte todo mundo ainda vive a sua festa!!

Por ora, continuo nos preparativos. Estamos definindo o enfeite de mesa dos convidados agora, que a pedido da minha prima, será algo que as pessoas possam levar pra casa como lembrança – e utilizar! Analisei o espaço de sua casa e transformarei toda a área externa em espaço aconchegante em pleno inverno. Já busquei os melhores fornecedores da cidade, aqueles que nunca dizem não, sabe? Tão mais fácil trabalhar com eles. Porque, sabecomé, mentes criativas não param e ter pessoas por perto que colaborem na realização dos sonhos é tão mais fácil, legal e apaixonante! E assim estamos, conforme tiver novidades, prometo dividir. Mas vou ficando por aqui, porque não posso abrir muita coisa da festa antes dela acontecer! Com certeza postarei tudo aqui, inclusive para ajudá-los a fazer festinhas e festões por aí. Inclusive, listando profissionais perfeitos que trabalham como se fossem pra festa dos filhos deles!

Imagem

Uma das lembrancinhas que estou desenvolvendo pra festa da pequenina. Ainda em fase de testes – até porque, a uma hora dessas, essas gominhas já foram devoradas por moi!