14 habilidades que te ajudarão a viver

Gente, fiquei passada com a informação obtida pelo site UOL na semana passada. Já queria ter postado aqui, mas sacomé, eu me enrolo toda e além do mais, tô mega envolvida com a linha Aromas da Casa da Dinha, o que me faz ficar sem tempo “as veiz” pra sentar aqui. Mas…. meu projeto por uma vida melhor continua super em pé e por isso postarei aqui essas 14 super power habilidades que você deve desenvolver antes de morrer. O antes de morrer foi por minha conta, mas… vamcombina que depois que passarmos dessa, seremos anjos perfeitos e não precisaremos de nada disso! Vamos aos itens:

Cozinhar – (ferrou!) Saber preparar ao menos o trivial vai garantir que você nunca passe sufoco. Além disso, quem faz a própria comida, em geral, fica mais saudável, já que usa ingredientes de qualidade e respeita suas restrições alimentares. Aí a gente tira o chapéu e ajuda você. Tem muito blog por aqui que ensina a cozinhar… é só começar!Imagem

Falar outro idioma – Para a maioria das pessoas, o inglês é a melhor opção como segunda língua, já que é o idioma mais utilizado para a comunicação intercultural. Mas isso não é uma regra. Uma viagem, uma relação afetiva ou um simples encantamento por determinada língua pode servir como motivação para o aprendizado. E se você não sabe por onde começar, leia nossos posts de viagens (que foram poucos, porque os meus leitores parecem não ter gostado, aí parei…).

Nadar – Quem sabe nadar consegue usufruir de diversas atividades na água, em segurança. Além disso, ganha mais saúde. E você achando que ia conseguir ter as 14 habilidades e continuar na preguiça né, playboy?! Vamos lá: TBC (tira a bunda da cadeira)!

Andar de bicicleta – Muita gente aprende na infância e, por falta de prática, fica inseguro de pegar a magrela depois de certa idade, por medo de cair. Só que a prática, além de relaxar, traz inúmeros benefícios à saúde. – Hihi, só postei 4 habilidades e duas já te mandam suar a camisa! Tá mole não!!

Dirigir – Só quem sabe dirigir tem a chance de escolher deixar o automóvel em casa em determinados momentos, para usá-lo em outros, quando o meio de transporte pode ser estratégico para ganhar tempo ou tornar o dia a dia mais prático. Para essas situações, vale a pena vencer a preguiça ou o medo de pegar no volante. – Essa eu assino embaixo! Precisa, gente!

Pregar um botão – Comece montando um kit básico de costura, contendo agulha, tesoura, linhas de cores variadas, fita métrica, alfinetes e giz de riscar tecido. – Essa eu assumo que não é tão tão, apesar de que eu sei pregar botão e já me salvou em momentos do tipo formatura, apresentação, e que o botão faria falta!

Passar uma camisa – O segredo é começar pelas partes menores, passar primeiro a gola, os punhos, as mangas e, por último, as costas e a frente da camisa. – Precisa gente! Mesmo que você more em Londres e lá todo mundo ande amassado. Classe, bonitinho!

Ter noções de finanças pessoais – Você trabalha muito para cobrir suas contas e nunca consegue guardar algum? Isso indica que você precisa aprender a usar melhor o seu dinheiro. É preciso ter em mente que nada é conquistado sem esforço. Por isso, se você tem sonhos materiais como comprar uma casa, trocar de carro ou fazer uma viagem, é preciso poupar dinheiro para alcançá-los. Estabelecer metas e seguir firme no seu propósito é o que fará a diferença.

Pesquisar no Google – Um dos truques é digitar duas ou mais palavras entre aspas, para buscar apenas links onde elas aparecem agrupadas exatamente da mesma forma que você escreveu. Outro segredinho é digitar não apenas a palavra que está procurando, mas, também, a que não quer que apareça entre os resultados. Nesse caso, basta usar o sinal de subtração antes da palavra que não lhe interessa (exemplo: receita -federal). Por fim, quando quiser fazer uma busca num site específico, apenas digite a palavra seguida do nome do site (exemplo: testes http://mulher.uol.com.br). Funciona! (Vou tentar… nunca fiz essa última dica)

Trocar pneu – Muitas seguradoras já oferecem esse serviço extra. Porém, se você estiver com muita pressa de seguir em frente, é melhor saber se virar. O mais importante é checar se o seu carro está equipado com as ferramentas necessárias: triângulo, chave de roda e macaco.

Fazer um bom drink – Assim como cozinhar, também vale a pena aprender a fazer uma bebida. E se você não tem nenhuma afinidade com o assunto, pode começar aprendendo a fazer o drink preferido dos brasileiros. – Agora ficou bom, hein?

Trocar fralda – Você pode não ter filhos, mas com certeza terá crianças na família ou em seu grupo de amigos. E uma hora ou outra poderá ser chamado a colaborar. Então, é melhor estar preparado.

Dar nó em gravata – Existem inúmeros tipos de nós de gravata, desde os mais simples, com poucas laçadas, até os mais elaborados, indicados para eventos formais. E, ao contrário do que muitos pensam, nenhuma das técnicas chega a ser difícil, a maioria exige apenas um pouco de prática. 

Ter noções de primeiros socorros – Todo mundo está vulnerável a pequenos acidentes. Só que, no momento em que algo dá errado, ter um mínimo de informação sobre como agir ajuda a diminuir o sofrimento, evita complicações futuras e, em casos mais graves, até salva vidas. Por isso, é fundamental ler sobre o assunto e, se houver tempo, até fazer um curso básico de primeiros socorros. A Cruz Vermelha Brasileira e o Corpo de Bombeiros abrem vagas periodicamente, em diferentes regiões do Brasil, para ensinar diferentes técnicas de socorro.

É isso aí, gente! Eu ainda acrescentaria mais algumas habilidades necessárias para se bem viver, mas já escrevi demais e se você teve paciência de ler até aqui, merece um descanso! Boa noite. Durma bem e sonhe com os anjos! Beijo!

 

Anúncios

Festa saudável tem tudo a ver com a gente

Apesar de postar sempre opções cheias de açúcar e chocolate, fiquem todos sabendo que eu sou uma super fã e adepta das festas com itens saudáveis. E sinceramente, acho que não perdemos nada com isso. Muito pelo contrário, ganhamos saúde, disposição, bem-estar e uma silhueta esbelta toda vez que nos olhamos no espelho. Convenci? Tenho certeza que sim. Sendo assim, vamos investir na saúde da garotada e começar a levar mais saúde às nossas festinhas, picnics e recepções?

Vou postar pra vocês algumas ideias geniais de snacks feitos com tudo que a terra nos dá… e algumas outras super inteligentes transformadas pelo homem. O mais contraditório é que a maioria das ideias vem de festas americanas, justamente o lugar mais fã de junkfood no mundo! Vai entender…

Imagem

Frutinhas em copinhos podem substituir a sobremesa ou os docinhos e ainda decorar uma mesa linda.

Imagem

Mini sanduíches em pão de forma intergral sem casca, pode colocar cream cheese, peito de peru ou presunto enroladinho, queijinho e uma folhinda de rúcula.

Imagem

Mesa linda montada com frutinhas, suquinhos e um cupcake só para descontrair!

Imagem

Queijinho coalho no palitinho, em cubinhos para evitar o desperdício.

Imagem

Cupcake também pode entrar, principalmente se for de cenoura com açúcar mascavo ou orgânico. Já pensou??

Imagem

Espetinho de frios com tomatinha, sempre uma bela opção.

Imagem

Cenoura e pepino cortadinhos em cubinhos, com pouquinho sal grosso no fundinho do copo.

Imagem

Potinhos de frutas disponíveis para cada um se servir de seu tipo favorito.

 

 

Imagem

Suco, água saborizada e chá, opções de bebidinhas saudáveis e que fazem a festa.

Imagem

Wraps cortadinhos no espeto, pode ser feito com seu recheio favorito.

Receber bem é arte, festejar faz parte!

A Casa da Dinha sempre recebeu muito bem todos que por ela passassem. E até hoje essa arte é lembrada e propagada. Como descendente da Casa, sinto-me no dever de seguir seus preceitos e, sendo possível, aprimorá-los. Por isso hoje resolvi falar aqui sobre essa arte, a qual cabe em todo e qualquer lugar e consiste, principalmente, em conhecer bem o seu público – amigos, familiares, visitas, e quem mais que venha até você. Devemos ter sempre em mente que, se uma pessoa saiu de seu ambiente de conforto para ir até você, por todo e qualquer motivo, ela precisa no mínimo ser bem recebida e sentir importante por lá estar. Portanto, prepare o bom humor, a alegria, a gentileza, a educação e principalmente o coração para acolher bem quem chega. Lembre-se, por melhor e mais organizada esteja a sua casa ou recepção, se faltar um dos ingredientes acima, o seu reinado desmoronará. Portanto, prepare a alma e o coração para esse momento tão especial.

Imagem

Receber bem é isso! Carinho e cuidado em cada detalhe, até mesmo num picnic no parque. (Foto tirada da internet)

Além de estar psicologicamente preparado, lembre-se da casa ou ambiente a ser usado para essa recepção. Pode ser um amigo vindo de longe ou uma festa para muitas pessoas. Conhecer seus gostos, costumes e necessidades ajudam muito na hora de preparar o ambiente. Cuidados especiais com a limpeza do local, cheiros e decoração podem evitar enormes contratempos. A poluição dos grandes centros tem intensificado as alergias e um lugar mal limpo pode ocasionar crises profundas em quem sofre de renite, bronquite, asma, entre outras. Produtos de limpeza com cheiro forte, essências e incensos podem também atrapalhar a permanência de pessoas no ambiente. Portanto, pegue leve e lembre sempre: cheirinho de limpeza não é perfume! Nada substitui uma limpeza bem feita, com produtos neutros e muito esforço.

Imagem

Casa bem limpinha, sempre, com cheirinho de limpeza e não perfume!

Tenha cuidado em quantas pessoas você convidará para uma mesma ocasião tanto pelo ambiente da recepção quanto por sua atenção para com eles. Tenha em mente a importância em oferecer conforto a cada uma delas, com direito a assento e um lugar a mesa, além de utensílios bem limpos e em abundância. Caso tenha espaço, mas não tenha mobília e utensílios, alugue. Fazer rodízio, além de feio e desconfortável, vai dar um trabalhão pra você! Tenha atenção também em quem são as pessoas convidadas e o que elas podem ter em comum. O ideal é que possam interagir sem a necessidade da sua presença. Em contrapartida, tenha a certeza de poder estar disponível a todos eles, sem preferir ou preterir nenhum deles. Mais uma vez, lembre-se: eles estão lá por você! E portanto, seja anfitrião!

Imagem

Se não tiver utensílios suficiente, alugue. Fazer rodízio, jamais!

As comidas e bebidas a serem servidas demandam atenção dobrada. Verifique se algum convidado tem alergia a algum alimento ou ainda, costumes desconhecidos. Ter um jantar com carne vermelha como única opção pode ser um fiasco se o convidado for vegetariano. Ou ainda, ter apenas frutos do mar pode levar sua recepção ao hospital, se o seu convidado for alérgico. Portanto, por mais que se conheça o convidado, pergunte antes. Ele pode ser apaixonado por frituras e massas em geral, porém estar num tratamento para reeducação alimentar, e a sua recepção deixá-lo numa saia justa. O mesmo vale caso tenha amigos em tratamento alcoólico. Se isso ocorrer, prefira não servir bebidas com álcool. Além de constrangedor a ele, a tentação será sempre um pecado capital. Por isso a importância em avaliar MUITO BEM cada um de seus queridos convidados. O objetivo de sua recepção deve ser sempre fazê-lo sentir-se feliz e confortável junto a você.

Imagem

Café da manhã é sempre ótima opção para receber amigos em casa. Simples, mas com charme, sempre.

Para recepções maiores e mais complexas como casamentos ou demais comemorações, você não poderá privar todos os seus convidados de algo em detrimento a um único. Neste caso, tenha opções. Além da carne vermelha, tenha uma opção de carne branca, opções de vegetais e massa sem proteína animal. Além de bebidas alcoólicas, tenha coquetéis sem álcool, lembrando sempre do suco da garotada ou da água saborizada, tão comum no sul do país e que tem ganhado seu espaço em todo tipo de recepção por aqui. O mesmo vale para recepções em casa, quando o público for heterogêneo. Se valer a dica, procure sempre opções saudáveis em suas escolhas. Hoje em dia todo mundo tá de olho na alimentação, afinal “a cura começa pela boca”. Portanto, pratos bem feitos, sem frituras, com vegetais, proteínas e carboidratos equilibrados são sempre boas pedidas e agradam todos os públicos.

Imagem

Opção de prato saudável para sua recepção. tomatinho, mussarela de búfala, manjericão e eu ainda acrescentaria um molhinho pesto!

Espero ter ajudado você a receber bem os seus convidados, porque fazer festa é uma farra, dá trabalho mas alimenta a alma. Quem nasceu para isso, como eu, tem um prazer enorme em receber e presentear pessoas queridas. E aí, vale a criatividade de cada um. Deixe os seus encantos tomarem forma seja de decoração, de comidas e bebidas ou mesmo de lembranças. Aliás, sendo possível, sempre separe algo para seus convidados levarem com eles, como lembrança da festa. Seja uma caixinha para doces ou algum doce especial, ou ainda um utensílio de uso em casa. Deixe a criatividade fluir, mas pense nisso, porque todo mundo gosta de ser presenteado, e lembranças deixam sempre um gostinho de quero mais no dia seguinte.

Imagem

Caixinha para doces, com tema da recepção, para os convidados levarem pra casa os doces que mais gostarem…