14 habilidades que te ajudarão a viver

Gente, fiquei passada com a informação obtida pelo site UOL na semana passada. Já queria ter postado aqui, mas sacomé, eu me enrolo toda e além do mais, tô mega envolvida com a linha Aromas da Casa da Dinha, o que me faz ficar sem tempo “as veiz” pra sentar aqui. Mas…. meu projeto por uma vida melhor continua super em pé e por isso postarei aqui essas 14 super power habilidades que você deve desenvolver antes de morrer. O antes de morrer foi por minha conta, mas… vamcombina que depois que passarmos dessa, seremos anjos perfeitos e não precisaremos de nada disso! Vamos aos itens:

Cozinhar – (ferrou!) Saber preparar ao menos o trivial vai garantir que você nunca passe sufoco. Além disso, quem faz a própria comida, em geral, fica mais saudável, já que usa ingredientes de qualidade e respeita suas restrições alimentares. Aí a gente tira o chapéu e ajuda você. Tem muito blog por aqui que ensina a cozinhar… é só começar!Imagem

Falar outro idioma – Para a maioria das pessoas, o inglês é a melhor opção como segunda língua, já que é o idioma mais utilizado para a comunicação intercultural. Mas isso não é uma regra. Uma viagem, uma relação afetiva ou um simples encantamento por determinada língua pode servir como motivação para o aprendizado. E se você não sabe por onde começar, leia nossos posts de viagens (que foram poucos, porque os meus leitores parecem não ter gostado, aí parei…).

Nadar – Quem sabe nadar consegue usufruir de diversas atividades na água, em segurança. Além disso, ganha mais saúde. E você achando que ia conseguir ter as 14 habilidades e continuar na preguiça né, playboy?! Vamos lá: TBC (tira a bunda da cadeira)!

Andar de bicicleta – Muita gente aprende na infância e, por falta de prática, fica inseguro de pegar a magrela depois de certa idade, por medo de cair. Só que a prática, além de relaxar, traz inúmeros benefícios à saúde. – Hihi, só postei 4 habilidades e duas já te mandam suar a camisa! Tá mole não!!

Dirigir – Só quem sabe dirigir tem a chance de escolher deixar o automóvel em casa em determinados momentos, para usá-lo em outros, quando o meio de transporte pode ser estratégico para ganhar tempo ou tornar o dia a dia mais prático. Para essas situações, vale a pena vencer a preguiça ou o medo de pegar no volante. – Essa eu assino embaixo! Precisa, gente!

Pregar um botão – Comece montando um kit básico de costura, contendo agulha, tesoura, linhas de cores variadas, fita métrica, alfinetes e giz de riscar tecido. – Essa eu assumo que não é tão tão, apesar de que eu sei pregar botão e já me salvou em momentos do tipo formatura, apresentação, e que o botão faria falta!

Passar uma camisa – O segredo é começar pelas partes menores, passar primeiro a gola, os punhos, as mangas e, por último, as costas e a frente da camisa. – Precisa gente! Mesmo que você more em Londres e lá todo mundo ande amassado. Classe, bonitinho!

Ter noções de finanças pessoais – Você trabalha muito para cobrir suas contas e nunca consegue guardar algum? Isso indica que você precisa aprender a usar melhor o seu dinheiro. É preciso ter em mente que nada é conquistado sem esforço. Por isso, se você tem sonhos materiais como comprar uma casa, trocar de carro ou fazer uma viagem, é preciso poupar dinheiro para alcançá-los. Estabelecer metas e seguir firme no seu propósito é o que fará a diferença.

Pesquisar no Google – Um dos truques é digitar duas ou mais palavras entre aspas, para buscar apenas links onde elas aparecem agrupadas exatamente da mesma forma que você escreveu. Outro segredinho é digitar não apenas a palavra que está procurando, mas, também, a que não quer que apareça entre os resultados. Nesse caso, basta usar o sinal de subtração antes da palavra que não lhe interessa (exemplo: receita -federal). Por fim, quando quiser fazer uma busca num site específico, apenas digite a palavra seguida do nome do site (exemplo: testes http://mulher.uol.com.br). Funciona! (Vou tentar… nunca fiz essa última dica)

Trocar pneu – Muitas seguradoras já oferecem esse serviço extra. Porém, se você estiver com muita pressa de seguir em frente, é melhor saber se virar. O mais importante é checar se o seu carro está equipado com as ferramentas necessárias: triângulo, chave de roda e macaco.

Fazer um bom drink – Assim como cozinhar, também vale a pena aprender a fazer uma bebida. E se você não tem nenhuma afinidade com o assunto, pode começar aprendendo a fazer o drink preferido dos brasileiros. – Agora ficou bom, hein?

Trocar fralda – Você pode não ter filhos, mas com certeza terá crianças na família ou em seu grupo de amigos. E uma hora ou outra poderá ser chamado a colaborar. Então, é melhor estar preparado.

Dar nó em gravata – Existem inúmeros tipos de nós de gravata, desde os mais simples, com poucas laçadas, até os mais elaborados, indicados para eventos formais. E, ao contrário do que muitos pensam, nenhuma das técnicas chega a ser difícil, a maioria exige apenas um pouco de prática. 

Ter noções de primeiros socorros – Todo mundo está vulnerável a pequenos acidentes. Só que, no momento em que algo dá errado, ter um mínimo de informação sobre como agir ajuda a diminuir o sofrimento, evita complicações futuras e, em casos mais graves, até salva vidas. Por isso, é fundamental ler sobre o assunto e, se houver tempo, até fazer um curso básico de primeiros socorros. A Cruz Vermelha Brasileira e o Corpo de Bombeiros abrem vagas periodicamente, em diferentes regiões do Brasil, para ensinar diferentes técnicas de socorro.

É isso aí, gente! Eu ainda acrescentaria mais algumas habilidades necessárias para se bem viver, mas já escrevi demais e se você teve paciência de ler até aqui, merece um descanso! Boa noite. Durma bem e sonhe com os anjos! Beijo!

 

Anúncios

Vista quem você é!

Foi com esse título que veio ao mundo o primeiro livro das idealizadoras da Escola de Qualidade de Vida para Mulheres, a Oficina de Estilo. Cristina Zanetti e Fernanda Rezende, duas jovens moças, com formações distintas que se encontraram por um desejo comum, o de transformar vidas. Foi por meio da moda que esse lindo trabalho teve início, há 10 anos, como consultoras de estilo. Depois de muitos armários, malas e vidas organizadas, viram que era hora de dar vida a um lindo projeto, sem precedentes: uma escola de qualidade de vida só para mulheres – todinha para nós, olha só! Um pouquinho do que elas fazem e do que se propuseram a causar em nossas vidas pode ser visto em oficinadeestilo.com.br ou ainda pelo Facebook.com/oficinadeestilo e Instagram.

Imagem

Foto extraída do facebook.com/oficinadeestilo – Cris e Fê, no lançamento do Livro Vista quem você é, na Livraria da Vila, quinta-feira.

 Eu as conheci por acaso, pelo lindo trabalho desenvolvido por elas, e introduzido a mim por queridas amigas que diziam “elas são personal stylist de gente como a gente”! E o melhor, elas são gente como a gente! A curiosidade aguçou meu senso de descobertas e lá fui eu, buscar quem eram elas, o que faziam e como se relacionavam com a moda e o estilo. Foi por aí que percebi que moda nem sempre é o que está na moda. Estilo vai muito mais além e que cada um tem o seu, basta descobri-lo. Depois disso, passei a ver que tudo isso começa com amor próprio, e que essa é a bandeira primordial da Escola delas – e o que elas acreditam de verdade. Ah, amor próprio…, esse tal tão falado, mas tão pouco encontrado por ai. E foi o slogan Substitua Consumo por Auto Estima que me fez cair de amores de vez por tudo aquilo que permeava a Oficina de Estilo.

Imagem

Naquele momento me identifiquei com o conceito propagado por elas e vi ali a oportunidade de dividir um pouco do meu conhecimento e das minhas experiências de “empoderamento” – como elas chamam – com tantas outras lindas mulheres. Depois de algumas trocas de e-mails e de um café no mezanino do escritório delas bem pertinho da Av. Paulista, em São Paulo, passei a integrar o seleto grupo de professores da Oficina, com workshop sobre Planejamento de Viagem. Meu objetivo é encorajar as lindas mulheres a assumir as rédeas de suas viagens – sejam a passeio ou a negócios – e desenvolver o seu próprio roteiro de viagem (e viajar, conhecer, curtir e voltar com a alma repleta de histórias pra contar e autoconhecimento).

Imagem

Extraído do site oficinadeestilo.com.br/cursos.

Pois bem agora, além de professora, sou uma aluna dos workshops da Escola de Qualidade de Vida para Mulheres e tenho trocado minhas consultas no analista, por bate papos e aprendizados na Oficina. Depois delas, outras pessoas maravilhosas entraram em minha vida, pessoas referências em alimentação saudável e bons hábitos, com o intuito de viver bem pra ser feliz. Desde então, muita coisa mudou em minha vida, principalmente em minha forma de ver o mundo.

Enfim, na quinta-feira última passada, com o objetivo de levar toda essa benfeitoria para o mundo, foi finalmente lançado o primeiro livro da Oficina de Estilo. “Vista quem você é – Descubra e Aperfeiçoe o seu estilo pessoal” busca mostrar a cada um que a pessoa que somos é muito mais importante do que a roupa que vestimos. E que, com orientação, é possível ser ainda mais feliz e bem resolvida com nosso corpo e nossa alma. Taí. Mais uma indicação da Casa da Dinha: o livro e a Escola! O livro está disponível na Saraiva on e off line (loja física e internet… rs) e em algumas outras livrarias Brasil around. Comece por ele, que ta mais fácil e chega em sua casa facinho, pronto para ser devorado. Depois dele, escolha um workshop e de um jeitinho de estar em São Paulo para participar. Vale muito o esforço, se é que isso é um esforço, porque, pra mim, é escolha de vida! Amo. E indico!!

Imagem

Capa do Livro Vista quem você é!